Quando eu era garoto eu não gostava muito de esportes. As aulas de educação física eram sempre uma tortura porque, além de eu não ter muito talento para aquilo, eu odiava a competição.

Não gostava de ser comparado e, principalmente, da humilhação que sentia por sempre estar entre os piores (Talvez por isso é que, até hoje, prefiro os esportes individuais, onde somente eu serei prejudicado se não desempenhar a contento).

Com o tempo fui superando essa dificuldade e me tornando um pouco mais hábil naqueles esportes que tanto desprezava.

Não me tornei um atleta ou, sequer, muito bom em qualquer um deles, mas aprendi uma grande lição, que hoje tento passar aos meus filhos.

A competição te leva a se superar. Por mais desconfortável que ela possa ser, ou o medo que possa nos infligir, uma competição saudável nos ajuda a avaliar as nossas fraquezas, e essa avaliação, somada a determinação, nos leva a superação e ao consequente crescimento.

Isso acontece em qualquer cenário. Quando você percebe que não está desempenhando num nível compatível com o esperado, ou você desiste e abandona aquele projeto, relacionamento ou trabalho, ou aceita o desafio e luta para crescer e alcançar o próximo degrau.

Os vencedores não são apenas aqueles que levantam os troféus, mas aqueles que aceitam os desafios e lutam para supera-los. Eu espero que, na próxima vez que a vida te colocar numa competição, você também faça esta opção.

Deixe sua opinião no blog!

Boa Jornada!

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/

 

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=zopZwEYinyI&w=560&h=315]