Quando eu era garoto havia um hino, muito cantado em nossa igreja, cuja letra dizia: “conte as bênçãos, conte-as quantas são, recebidas da divina mão. Vem dizê-las, todas de uma vez, e verás surpreso o quanto Deus já fez”.

A letra dessa música é muito significativa, porque ela nos convida a avaliar o nosso passado e a valorizar tudo aquilo de bom que já nos aconteceu.

Essa é uma virtude que eu creio estar em falta atualmente. As pessoas andam cada vez mais descontentes e focadas naquilo que não vai bem, ou naquilo que não tem. Creio que parte do problema é a mídia que nos inunda com notícias ruins, que tiram nossa alegria. Há também as redes sociais onde somos expostos à situações que, às vezes, nos deixam insatisfeitos com o que temos ou somos.

É natural e saudável querermos ter e ser mais, mas nos compararmos com os outros, ou com situações que nem sempre são reais, não é saudável.

Precisamos aprender a fazer como aquela música nos ensina. Olhar para trás e ver tudo o que temos e usufruímos. Parar de focar naquilo que ainda não conquistamos mas sim, nos degraus que já subimos. Quem sabe até sermos gratos pelo mal que não sofremos, mas que outros não tiveram a mesma felicidade.

Eu tenho certeza, que se você fizer essa avaliação, como a letra da música conclui, você também irá se surpreender com o quanto a sua vida é boa.

Deixe sua opinião.

Boa Jornada!

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/