Um menino ia caminhando pela praia lançando de volta a água estrelas do mar que haviam encalhado na areia.

Observando a cena, um homem o abordou e disse ser bobagem ele fazer isso. Afinal, centenas de estrelas do mar morriam todos os dias. E que aquilo não faria diferença alguma. O menino, sem se deixar afetar pela falta de fé daquele homem, respondeu: “eu lhe garanto que para cada uma destas estrelas do mar, faz muita diferença”!

Para mim essa história tem uma moral muito forte e que precisa ser lembrada.

À luz de todas as mazelas em que nossa sociedade vive, muitas vezes somos como aquele homem. Achamos que não há nada que possamos fazer para mudar a situação. Ela é grande e terrível demais para nossa capacidade.

Mas a atitude do menino deveria ser nosso espelho. É verdade que talvez não possamos resolver o todo, mas ao ajudarmos uma pessoa de cada vez, para essa pessoa estaremos fazendo muita diferença. Então não podemos permitir que a grandeza dos problemas esterilize nossos sentimentos e nos impeça de agir. Precisamos fazer o que está ao nosso alcance, crendo que, pelo menos para aqueles com quem interagimos, faremos uma grande diferença.

Se tivermos mais pessoas agindo assim, creio que em pouco tempo, problemas que eram muito grandes se tornarão cada vez menores.

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/