Nas lutas do nosso dia-a-dia, infelizmente, é comum haver baixas. Às vezes somos algozes, às vezes vítimas. Causamos dor, e sofremos a dor.

Quando isso acontece, corremos o risco de carregar uma bagagem: o ressentimento.

O ressentimento é como uma mochila pesada que você carrega por onde quer que vá. Ela interfere em suas atitudes e impacta seus relacionamentos. Seu peso te atrasa e te impede de voar mais alto. Ela precisa ser abandonada.

Mas como? Como me livrar da mochila do ressentimento?

A resposta é simples, mas não é fácil. Você precisa perdoar aquele que te feriu. Abrir mão do direito de se ressentir, e, assim, permitir que aquele sentimento parta. Como eu disse, não é fácil, porque esperamos uma restituição, ou, ao menos, um pedido de perdão, ou, quem sabe, sentirmos o desejo de perdoar, mas, talvez, nada disso vá acontecer. Muitas pessoas não reconhecem seus erros, ou são orgulhosas demais para pedir perdão. E aí você continua carregando sua mochila, cada vez mais pesada.

Precisamos entender que perdão não é um sentimento, perdão é uma decisão. Você precisa decidir perdoar, nem tanto para o bem de quem te feriu, mas para o seu próprio bem. Afinal de contas, é você quem está carregando a mochila do ressentimento. É você quem precisa abandonar esse peso.

Então tome essa decisão. Pense o que tem te ressentido, e decida perdoar quem te feriu. Liberte-se desse sentimento ruim, abandone a mochila e caminhe mais leve, mais rápido e voe muito mais alto.

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/