John Maxwell, autor de vários best sellers, propõe que a liderança pode ser avaliada em níveis. Você pode ser um líder nota 10, ou um 8, talvez um 5… e assim por diante.

Ele afirma também, que os seus liderados irão refletir o seu nível. Eles sempre estarão um pouco abaixo de você, porque é difícil atrair uma pessoa com habilidades ou qualificações superiores às suas. Estes não costumam permanecer na equipe por muito tempo. Ou seja, você acaba sendo o limite da qualidade da equipe ou grupo que lidera.

Se você for uma pessoa que investe na sua qualificação e nas suas habilidades, isso é bom, porque sua equipe estará sempre crescendo. Mas, se você for uma pessoa mais acomodada ou satisfeita com seu status quo, possivelmente, sua equipe também será assim e deixará de crescer.

Agora, eu gostaria de levar esse conceito para outro cenário. O dos relacionamentos pessoais, fora da empresa. Lá também esse fenômeno se repete. Ao investirmos nosso tempo em nosso desenvolvimento e crescimento, atrairemos pessoas com essa mesma vocação, e ao estarmos juntos delas, seremos ainda mais motivados e energizados para prosseguirmos em frente e mais rápido.

Então, pense nisso. Como anda sua liderança? Não só no trabalho, mas na família, entre os amigos, até no lazer. Avalie se você tem crescido ou se tem estado estagnado. Talvez seja a hora de dar um passo a frente, investir para elevar sua nota. Quanto melhor líder você se tornar, melhores serão suas equipes e maiores serão suas conquistas.

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/