Em uma conferência nos Estados Unidos, conheci uma jovem que, com uma ideia original, conseguiu fazer algo grande. Caitlin Crosby, percebeu que poderia ajudar moradores de rua ao dar a eles a oportunidade de trabalharem em algo que lhes desse renda e os ajudasse a se reerguer e sair das ruas. Nascia então o “The Giving Keys”, uma ong que através da venda de colares feitos com chaves usadas, ofereceria ajuda àqueles desabrigados. Ou seja, algo que todos nós jogamos fora poderia tirar pessoas das ruas.
A boa notícia é que temos no Brasil pessoas igualmente preocupadas com os que vivem nas ruas. Algumas dessas pessoas se organizaram em ONGs, dentre as quais eu destaco a Missão Vida, que há 30 anos se dedica à recuperação de moradores de rua em várias cidades do Brasil, incluindo Londrina. Ali os internos encontram apoio e tratamento, para que possam se reintegrar à sociedade e ao mercado de trabalho, e assim encontrar um novo caminho.
Quando ouvimos essas histórias, a maioria de nós pensa: “eu não conseguiria fazer isso”. É verdade, missões como estas não são para todos. Mas todos podem e devem apoiá-las, porque TODOS são igualmente impactados por elas, ou pela falta delas. Então, se não conseguimos “por a mão na massa”, o que é compreensível, precisamos pensar em como ajudar: Financeiramente ou como voluntário, todos nós podemos fazer parte deste projeto. Não devemos deixar que movimentos como estes desapareçam por falta do nosso apoio, devemos investir neles para que cresçam e façam, cada vez mais, aquilo que nós não conseguimos fazer.

FAÇA SUA PARTE! Com apenas R$15,00 você pode ajudar a tirar alguém das ruas. Saiba mais em www.mvida.org.br

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/