Hoje nós vamos falar sobre o nosso bem mais precioso, e provavelmente mais desvalorizado: o Tempo.

A maioria das pessoas pensa que tem todo o tempo do mundo, mas na verdade, não reconhecem que, à cada minuto, seu tempo está se esgotando. Afinal de contas, nenhum de nós irá viver para sempre, não é mesmo? Isso significa que a cada minuto, nosso “banco de horas” está ficando mais pobre e esse bem tão precioso deveria ser ainda mais valorizado.

Ao dizer isso, não quero ser fatalista ou apocalíptico, mas sim propor uma avaliação de como você tem utilizado o seu tempo. Com sabedoria, ou com displicência? Você tem priorizado o que é mais importante, ou tem deixado isso ao acaso?

Você sabe o que é mais importante? Entre trabalho, família, lazer, amigos e tudo mais que nos ocupa, o que deve priorizar? Em seu livro “First Things First” Stephen Covey diz que nós só conseguimos administrar 7 papéis consecutivamente. Mas quais são esses papéis?

O nosso tempo é escasso, e por isso nós precisamos fazer dele o melhor uso o possível. Comece, então, listando quais são os vários papéis que você desempenha – cônjuge, pai, profissional, amigo, esportista, voluntário – e a importância de cada um deles. A partir daí comece a priorizar os mais importantes, e, assim, fazer melhor uso de seu tempo. Você não tem todo o tempo do mundo, mas pode ter o melhor tempo do mundo. É só se organizar e começar!

Para sua leitura: Primeiro o Mais Importante de Stephen Covey – Editora Campus

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/