O brasileiro sempre foi otimista, alegre e entusiasmado. Normalmente, tudo se resolve com um bom churrasco e um pouco de cerveja.

Mas, recentemente, eu tenho percebido as pessoas cada vez mais irritadas, cansadas e desanimadas, rompendo relacionamentos, abandonando causas e até mesmo sonhos. Isso me preocupa.

Na estratégia militar, comandantes às vezes mandam seus soldados “recuar e reagrupar”. Não estão abandonando a batalha, mas apenas fazendo uma pausa estratégica, sem a qual dificilmente alcançarão a vitória. Nessa parada eles se alimentam, descansam, tratam os feridos e se reorganizam para o próximo combate.

De certa forma, cada um de nós está numa batalha e talvez também seja a hora de dar uma pausa. Desacelerar. Reduzir os compromissos, se possível as contas, e separar um tempo para repor as energias e curar as feridas. Reencontrar seu fôlego e paixão e, uma vez renovado, voltar à luta com forças para vencer.

Não permita que o cansaço domine suas decisões. Antes que a fadiga ou o desanimo te leve a abandonar algo ou alguém importante, peça trégua e dê uma parada.

Como na guerra, todos à sua volta precisam de você. Descansado, você voltará a viver de maneira otimista, alegre e entusiasmada!

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/