Eram 5 horas da manhã e eu, juntamente com uma multidão de passageiros, aguardava na longa fila da imigração, esperando entrar nos Estados Unidos. Uma pouco a minha frente, havia um pai com sua filhinha de uns 5 anos.

A menina, um pouco chorosa, pediu a ele que a pegasse no colo, pois estava com sono. Para minha surpresa, o pai lhe disse que também estava cansado e que não iria segurá-la.

Não quero julgar ou condenar a atitude desse pai. Talvez ele realmente estivesse exausto ou talvez até tivesse uma condição física que o impedisse. Mas senti por ele. Porque naquele momento, ele perdeu a oportunidade de ser um herói aos olhos de sua filha. Oferecer para ela uma memória de um momento em que foi o seu apoio, seu salvador, seu príncipe encantado.

Nossos filhos precisam dessas memórias, precisam saber que podem contar conosco, e isso começa nessas pequenas coisas.

Chegará um dia em que eles crescerão e começarão a ver nossas falhas e fraquezas, e que não somos tão fortes, poderosos ou bonitos como eles imaginaram em suas infâncias. Mas, se eles tiverem um repertório de memórias quando fomos seus heróis, eles saberão que, mesmo imperfeitos, estaremos sempre aos seus lados. E esse é um sentimento que faz toda diferença, fortalece o valor próprio e a auto confiança, que são combustíveis para o sucesso em todas as áreas da vida.

Você não gostaria de saber que há alguém com quem você pode sempre contar? Seja essa pessoa para seus filhos. Aproveite todas as oportunidades de ser um herói para eles. Mesmo depois de adultos, eles verão em você alguém a quem sempre poderão recorrer.

Boa jornada!

Adquira meu livro Superação através do site http://www.elytorresin.com.br/superacao/

 

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=eyIb0Fsxd7Y&w=560&h=315]